Os riscos de acidentes domésticos são muito comuns estão presentes diariamente em nossas casas. Por mais cuidado que tenhamos, existem situações que representam riscos.

LER ARTIGO

8 Acidentes Domésticos Mais Comuns NO BRASIL E NO MUNDO

Os riscos de acidentes domésticos são muito comuns estão presentes diariamente em nossas casas. Por mais cuidado que tenhamos, existem objetos e situações que representam riscos e podem provocar os acidentes dentro de casa, sobretudo quando existem crianças e idosos envolvidos.

 

No Brasil e no mundo, acidentes como afogamentos, quedas, queimaduras e asfixia ainda são as principais causas de morte de crianças com até 9 anos de idade. Por isso, veja como agir diante de cada tipo de acidente e o que fazer para evitá-los:

 

1- Queimaduras

 

As queimaduras podem surgir devido à exposição prolongada ao sol ou a fontes de calor, como fogo ou água fervente, por exemplo, e o que se deve fazer inclui:

 

Colocar a região afetada debaixo de água fria por 15 minutos, no caso de objetos quentes, ou aplicar creme de babosa, no caso de queimadura solar;

Evitar esfregar qualquer tipo de produto, como manteiga ou óleo;

Não furar as bolhas que podem surgir na pele queimada.

 

2- Sangramento de Nariz

 

O sangramento pelo nariz normalmente não é uma situação grave, podendo ser causado quando se assoa o nariz com muita força, quando se cutuca o nariz ou quando se sofre uma pancada, por exemplo.

 

Para parar o sangramento deve-se:

Sentar e inclinar a cabeça para a frente;

Apertar as narinas com o polegar e indicador durante pelo menos 10 minutos;

Após parar o sangramento, limpar o nariz e a boca, sem fazer pressão, utilizando uma compressa ou pano molhado com água morna;

Não assoar o nariz durante pelo menos 4 horas após o nariz sangrar.

 

3. Intoxicação ou envenenamento

 

A intoxicação é mais frequente em crianças devido à ingestão acidental de medicamentos ou produtos de limpeza que estão ao seu alcance. Nestes casos, o que se deve fazer imediatamente é:

Chamar ajuda médica, ligando o 192;

Identificar a fonte do envenenamento;

Manter a vítima calma até a chegada da ajuda médica.

 

4. Cortes

 

Os cortes podem ser provocados por objetos cortantes, como faca ou tesoura, assim como objetos perfurantes, como pregos ou agulhas, por exemplo. Os primeiros socorros incluem:

Fazer pressão sobre o local com um pano limpo;

Lavar a região com soro fisiológico ou com água e sabão, após estancar a hemorragia;

Cobrir o ferimento com um curativo esterilizado;

Evitar retirar objetos que estejam perfurando a pele;

 

5. Choque elétrico

 

Os choques elétricos são mais frequentes em crianças devido à falta de proteção nas tomadas da parede de casa, no entanto, também podem acontecer ao utilizar um aparelho doméstico em mau estado, por exemplo. O que se deve fazer nestes casos é:

Desligar o quadro geral de energia;

Afastar a vítima da fonte elétrica utilizando objetos de madeira, plástico ou borracha;

Deitar a vítima para evitar quedas e fraturas após o choque elétrico;

Chamar uma ambulância, ligando para a Express

 

6. Quedas

 

As quedas, geralmente, acontecem quando se tropeça ou escorrega em tapetes ou no chão molhado. No entanto, também podem acontecer quando se anda de bicicleta ou se está em cima de um objeto alto, como uma cadeira ou escadinha.

 

Os primeiros socorros para quedas incluem:

Acalmar a vítima e observar a presença de fraturas ou sangramentos;

Parar sangramentos, caso seja necessário, aplicando pressão no local com um pano limpo ou gaze;

Lavar e aplicar gelo sobre a região afetada.

 

7. Asfixia

 

A asfixia normalmente é provocada por engasgamento que pode acontecer, mais frequentemente, ao comer ou ao engolir objetos pequenos, como tampa de uma caneta, brinquedos ou moedas, por exemplo. Os primeiros socorros neste caso são:

Bater 5 vezes no meio das costas da vítima, mantendo a mão aberta e num movimento rápido de baixo para cima;

Fazer a manobra de Heimlich, caso a pessoa continue engasgada. Para isso, deve-se segurar a vítima por trás, passar os braços à volta do tronco e fazer pressão com um punho cerrado sobre a boca do estômago. Veja como fazer a manobra corretamente;

Chamar ajuda médica, ligando para a Express, caso a pessoa continue engasgada após a manobra.

 

8. Mordidas

 

As mordidas ou picadas podem ser provocadas por vários tipos de animal, como cão, abelha, cobra, aranha ou formiga e, por isso, o tratamento pode variar. No entanto, os primeiros socorros para mordidas são:

Chamar ajuda médica, ligando para o 192;

Deitar a vítima e manter a região afetada abaixo do nível do coração;

Lavar a região da mordida com água e sabão;

Evitar fazer torniquete, sugar o veneno ou espremer o local da mordida.

 

Esses são apenas os acidentes domésticos mais comuns, porém, existem outras eventualidades que podem fazer qualquer um ter que socorrer um ente ou amigo. Não se esqueça de sempre pedir socorro médico e se orientar sobre os procedimentos. Conte com os serviços de Ambulâncias e Emergências Médicas 24 horas da Express Remoções.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ALUGUEL DE AMBULÂNCIAS,

UTI MÓVEL, EVENTOS E MUITO MAIS. CONTATE-NOS!