A obesidade é o excesso de peso que se torna uma doença, ocasionada por um enorme acúmulo de gordura corporal. Uma doença crônica, que ocorre por vários fatores.

LER ARTIGO

Obesidade: Diagnóstico, Causas e Precauções

O que é Obesidade?

 

A obesidade é o excesso de peso que se torna uma doença, ocasionada por um enorme acúmulo de gordura corporal. Uma doença crônica, que ocorre por vários fatores, e que a reserva natural de gordura aumenta até o ponto em que a riscos de doenças graves.

 

O Diagnóstico

 

A obesidade é diagnosticada pela técnica de IMC, (Índice de massa corporal) é um método simples e rápido de se medir gordura corporal. É calculado dividindo o peso do indivíduo em quilos pelo quadrado de sua altura em metros.

Equação: IMC = kg / m2

O resultado: Peso normal: 18.5 – 24.9 Sobrepeso: 25.0 – 29.9 Obesidade grau I: 30.0 – 34.9 Obesidade grau II: 35.0 – 39.9 Obesidade grau III: ≥ 40.0

 

Causas da Obesidade

 

Para muitas pessoas, a obesidade e o sobrepeso são causados por um desequilíbrio no metabolismo energético. Onde o valor da ingestão alimentar é maior que o gasto de energético. O peso corporal é determinado pelo balanço entre a quantidade de energia ou calorias que são ingeridas e a quantidade de energia ou calorias que são gastas (atividades físicas, por exemplo). Quando se ingere mais calorias do que se gasta, há ganho de peso. Quando se ingere menos calorias do que se gasta, há perda de peso. Quando quantidades iguais de calorias são ingeridas e gastas, o peso se mantém.

 

Fatores que contribuem

 

Além do desequilíbrio do balanço energético a diversas outras causas, como: O sedentarismo, Insônia, pessoas que dormem menos de 5hrs tem uma maior pré – disposição para engordar. Alguns medicamentos podem levar ao ganho de peso fácil (corticosteróide e antidepressivos são os principais). Bulimia nervosa, diabetes. Fatores genéticos, a idade e alguns fatores emocionais e os problemas de saúde, problemas hormonais podem causar sobre peso e obesidade, como o hipotireoidismo, síndrome de Cushing e síndrome dos ovários policísticos.

 

Doenças relacionadas com a obesidade

 

A obesidade pode trazer problemas de saúde como: Hipertensão Arterial (pressão alta), doenças do coração (Angina e Infarto Agudo do Miocárdio), diabetes tipo 2, câncer, colesterol, pode provocar acidente vascular cerebral isquêmico ou derrame cerebral, o individuo pode apresentar apnéia do sono, síndrome metabólica onde ocorre um aumento nas taxas de gordura abdominal, aumento do colesterol, aumento na glicose sanguínea e aumento na pressão arterial, pode ocorrer pedras na vesícula entre outras doenças.

 

Estilo de vida

 

Nos últimos 25 anos o consumo excessivo de nutrientes combinados com crescente sedentarismo na população, trouxe um aumento no índice de obesidade tanto adulta como infantil. Nem com as embalagens trazendo informações sobre o conteúdo nutricional dos alimentos o consumo deixe de ser excessivo. Devido a diversos fatores sociológicos, o consumo médio de calorias quase quadruplicou. Um estilo de vida cada vez mais sedentário teve um papel importante na contribuição do aumento da obesidade sem contra com o estresse da vida moderna e o sono cada vez mais reduzido.

 

Tratamento

 

O tratamento para perder peso consiste na mudança do estilo de vida. O principal tratamento para a obesidade é a redução da gordura corporal por meio de adequação da dieta a reeducação alimentar e aumento do exercício físico onde a média de perda é aproximadamente 8% da massa total. Mas nem todos ficam satisfeitos com esses resultados, até a perda de 5% da massa pode contribuir significativamente para a saúde. O difícil de perder peso é manter o peso reduzido. Em média a maioria das pessoas que perdem peso recuperam em dois a cinco anos toda massa corporal que tinham. Algumas recomendações são que pessoas com IMC acima de 30 devem ser iniciadas num programa de dieta de redução calórica, exercício e outras intervenções comportamentais e estabelecer objetivos realistas de perda de peso. Pessoas com o IMC acima de 40 que não conseguem alcançar o seu objetivo tem como opção a realização de cirurgia bariática.

 

Obesidade x Infância

 

Como os hábitos de vida se desenvolvem desde a infância, incentivar as crianças a terem bons hábitos alimentares e a praticar exercícios físicos regularmente as ajudará a chegar à idade adulta com peso normal e boa saúde.

 

Como prevenir

 

A obesidade infantil é um problema grave por isso deve ser muito bem cuidado, então tenha uma alimentação rica em verduras e legumes, Dê às crianças uma garrafa de água, ou sucos ao invés do refrigerante e faça sanduíches com pães integrais, evite alimentos gordurosos e muitos doces, respeite os horários das refeições, dê sempre muita água às crianças e não se esqueça de que atividade física faz um bem inestimável a saúde de qualquer pessoa seja adulto ou criança.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

ALUGUEL DE AMBULÂNCIAS,

UTI MÓVEL, EVENTOS E MUITO MAIS. CONTATE-NOS!